CONTINUAR COMPRANDO
Carrinho Vazio
menu
COMPRE CONOSCO PELO WHATSAPP (11) 97074-1775
Aura60+
18/11/2021

Qual o melhor hidratante corporal para a pele madura?

 

O que usar para manter, sem enrolação, a pele do corpo 60+ íntegra, saudável e bonitona, é o que fomos descobrir.

Por Karina Hollo


Nossa pele passa por muitas mudanças ao longo das décadas e merece cuidados especiais em cada fase. E isso vale não só para a pele do rosto, mas do corpo também. 

Entre os 25 e 30 anos, ela não é mais tão resistente, surgem linhas finas e manchas solares. Aos 40 anos, a flacidez dá as caras. Aos 50 anos, o processo se acentua, com perda acelerada de colágeno e de ácido hialurônico, substâncias que garantem firmeza e hidratação à pele do rosto. 
 
E isso é verdade igualmente para a pele do corpo. 
 
Aos 60 e 70 anos, há um afinamento e as veias se tornam mais visíveis. A pele madura desidrata, perde nutrientes… a camada superficial se torna mais fina e mais fácil de ser lesionada. Como cuidar?


Rotina Corporal e Ativos-estrela

  1. Para começar, todos os dias,  hidrate a pele corporal após o banho – sim, o momento ideal para fazer isso é até 3 minutos depois de sair do boxe, com a pele ainda úmida e mais permeável para receber os ativos dos hidratantes. 
     
  2. Saiba também que Ingredientes mais naturais, com menos possibilidade de efeitos adversos são hit entre as consumidoras 60+. Como a pele é fina, sensível e delicada, com tendência à alergia, é preciso tomar cuidado extra com ingredientes agressivos. A ideia é mesmo focar em nutrição e hidratação. Confira alguns ativos que podem fazer toda a diferença.


Ácido hialurônico Ele é um importante componente da nossa pele, promovendo hidratação e viço. Ao longo dos anos, juntamente com fatores intrínsecos (tipo de pele e genética) e fatores extrínsecos (sol, tabagismo), vai se reduzindo a concentração de ácido hialurônico na pele, o que gera ressecamento e a formação de linhas e rugas. 

Bakuchiol Esse extrato, que é novidade, produz colágeno como o retinol, mas sem o risco de irritação ou sensibilidade comum nos tradicionais retinóides.

Prebióticos Eles também são tendência. Servem de fonte de alimento para as bactérias e trazem benefícios para o microbioma da pele, que quando em equilíbrio, ajuda a compensar fatores negativos que levam ao ressecamento e superfície enfraquecida. Assim, são capazes de fortalecer a barreira de proteção da pele, mantendo o equilíbrio da microbiota e reparando os níveis de hidratação.

Manteiga de karité Um ingrediente clássico dos hidratantes, ela é famosa por ser hidratante e regeneradora da barreira cutânea, recuperando o brilho e a suavidade. Ela é extraída do fruto seco da árvore de karité e consegue devolver elasticidade, reforçando a barreira cutânea, além de proteger contra o frio e o vento. Também pode ser usada nas unhas e nos lábios para tratar o ressecamento.

Óleo de açaí Tem alta concentração de antioxidantes, ação antipoluição, revitalizante e hidratante, além de diminuir vincos e melhorar a luminosidade da pele.

Manteiga de cupuaçu Outro ativo proveniente da rica biodiversidade brasileira (originário de uma árvore tropical nativa da floresta amazônica), ela é poderosa contra o ressecamento. Tem alta capacidade de absorção de líquidos e é uma ótima alternativa vegana aos derivados animais. Também pode ser usada nos lábios e nas unhas. Repõe lipídeos e devolve a elasticidade.


 

 

Para sua maior segurança, atualizamos a Política de Privacidade da loja. Ao continuar navegando, entendemos que você está ciente e de acordo com elas.